PIANO  

NEY FIALKOW
fimp-2021.png
Professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

“Pianista gaúcho, Ney Fialkow, tem cativado plateia no Brasil e no Exterior com a intensidade de suas interpretações que abrangem do Barroco ao contemporâneo. 

 

Realizou  seu primeiro recital aos 10 anos de idade sob a orientação de Zuleika Rosa Guedes. Premiado em diversos concursos, destacando-se o cobiçado título de melhor pianista do VII Prêmio Eldorado de Música em São Paulo. 

 

Obteve o título de Doutor em Música pelo Peabody Conservatory da Johns Hopkins University, em Baltimore, onde foi assistente da célebre pianista Ann Schein. Cursou Mestrado em Piano com distinção no New England Conservatory Boston, com Patricia Zander. 

 

De volta ao Brasil tem conciliado movimentada carreira de solista e camerista com a atividade de professor do Instituto de Artes da UFRGS. Inúmeras aparições como solista de orquestra, sob a regência de Isaac Karabichevsky, Roberto Duarte, Roberto Tibiriçá, Arlindo Teixeira, Raul Munguia, Miguel Graça Moura, Jean Reis, Antonio Carlos Borges Cunha, Luthero Rodrigues, Fredi Gerling entre outros. Tem atuado em recitais com instrumentistas de renome nacional e internacional. Convidado freqüente como jurado de importantes concursos de piano no país e para ministrar cursos de interpretação pianística em diversos festivais de Música, apresentou uma série de recitais e masterclasses na França a convite de diversos Conservatórios de Música daquele país. 

 

Ney Fialkow gravou com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre o “Diálogo para Piano e Orquestra” de Bruno Kiefer, além de obras Camargo Guarnieri, Edino Krieger, de Flávio Oliveira e Luciano Zanatta. 

 

Em parceria com o aclamado violinista Carmelo de los Santos, lançou o CD “Sonatas Brasileiras” gravado ao vivo, tendo sido acolhido pelo público e crítica especializada como “um dos melhores registros que o Brasil produziu de sua música de câmera”, recebendo o prêmio de Melhor CD erudito do Prêmio Açorianos 2009. 

 

Em 2010 participou como solista da estreia da obra “Mahavidyas” de Vagner Cunha e do CD da versão integral da obra lançado em 2010, obtendo o Prêmio Açorianos junto com a pianista Cristina Capparelli como melhores intérpretes. 

 

Em 2014 realizou extensa turnê por diversas cidades norteamericanas com o contrabaixista Marcos Machado, com quem gravou o Cd "Metamorfora" pelo selo Blue Griffin.